Postagem em destaque.

quinta-feira, novembro 17, 2016

Dois Idiotas








Dentre desejos e momentos, vontades e anseios eu me pego viajando e elaborando o que fazer quando estiver frente a frente,
                                    Cara a cara
                                                         Suor por suor
                                                                                Calor por calor
                                                                                                          Gozo por Gozo
Um dia ainda vou percorrer o caminho dessa pele, seguir as veias com os lábios, sejam elas tenuosas, perigosas ou proibidas, vou por onde quiserem levar-me.

Não preciso disputar, eu confio no meu dengo, mas também não insisto que aceite, a janela esta aberta e eu so peço que não entre pela porta, nada aqui é comum, não lhe ofereço nada do que já te deram,  sou diferente de todos os homens que você conhece ou vai conhecer, comigo a intensidade é feito cachoeira, sempre constante, o que sofre variações é apenas o fluxo que horas pode estar farto, outra hora apenas o necessário para te banhar por completa.  

Mas hoje nada adianta pensar, alguma coisa vai te incomodar pro resto da vida, noites que poderiam ser de baixo do chuveiro, lençóis suados e travesseiros pelo quanto inteiro, meu instinto é animal, e eu sei que de longe você sente o que eu exalo... E no fundo, bem no fundo, minha selvageria te traria a liberdade de viver sem se perguntar se eu sou apenas isso,  





Nenhum comentário:

Postar um comentário