Postagem em destaque.

terça-feira, abril 28, 2015

Nada mais que isso






Você é gostosa
Só isso
Nada mais que isso 
Atrai olhares 
Pelo corpo 
Para o corpo
Formas 
Curvas. 

Uma estrada 
Sinuosa 
Com curvas súbitas 
Mortais. 

Uma vadia 
Bunda grande
Nádegas fartas 
Volumosas 
Conjunto 
Pernas.
Bem distribuídas 
Corpo
Médio
Como pode... 

Seios 
Tamanho 
Exato 
Preenchem 
Boca
Mãos
Minhas.

Estrutura 
Calculada
Livres
Balanço
Onde 
Quiser

Minha carne é fraca, eu olho!

sexta-feira, abril 24, 2015

A quem quiser.






Escrevo essa carta com a intenção de saber como você esta. 
Aguardo notícias, por esse mês se possível, o tempo tem levado todas as lembranças, os sorrisos também. O desapego tem sussurrado levemente e constante: "Vida Nova" 

... Tudo acontece, tudo tem seu tempo eu sei, mas em tão pouco tempo se tem tanto para aprender que acaba nos fazendo pensar que o tempo que se tinha, pouco se passou...

 Uma nota importante a se fazer, quando as coisas acabam, elas nos fazem crescer, sofrer, e ver o quão insignificante são os pensamentos de parar o tempo, reviver o minuto, marcar hora ou ate mesmo suspirar pelo segundo, em um segundo tempo talvez... 

Mas sem nenhuma dúvida meu medo hoje é acabar te contando coisas que nem vai acreditar, existem mil maneiras de te querer, aquele cheiro gostoso que vem de você, hoje prefiro o cheiro da estação de trem, não é tão agradável, mas é passageiro, como eu!