Postagem em destaque.

quarta-feira, setembro 28, 2011

A mar

Deitada na Orla da Praia, Carente, sozinha
Resolve então ficar Nua
No fim da Tarde
Maré subindo
As pernas ela Abre a Fica sorrindo

As ondas Batem
Limpando a Tristeza
Trazendo o prazer ate a mesma
Mais uma onda
Desmonta a Moça

Ali ela fica e Ordena que venha
De pernas abertas a Espera da Próxima
A cada Caída uma expressão se forma
O Rosto nos denuncia que não mais chora
Achou a solução que lhe devora

Lambida Imensa
Não lhe apavora
Amante Do mar
Pra sempre e Agora



terça-feira, setembro 27, 2011

Ama-te



Um bom amante sabe o teu lugar
Sabe esconder-se pra não prejudicar um Amar
Elogia, sem que possa se privilegiar
Se esta presente
Não fica nada pendente

Sabe dividir o que de fato é teu
Interage com o que nem sempre lhe pertence
E não importa se Vence ou convence
O importante é fazer contente

Sufoco Sem Foco



O que é Ser Carne e Osso
O que Faz Valer Todo o Esforço
Me traz a Vida
Espanta o Sufoco

De Carne é Feita
Porem tem Osso
Seria eu um sortudo Moço ?

Nas desventuras do beijo a beijo
Uma Hora... o desleixo
Deixo
Eixo

A Aventura mal aproveitada fosse
Resultando em um belo Coice
Jogando-me aos restos, feito caroço enfaranhado aos Bagaços

Por um tempo meditando sobre o que de Fato aconteceu
Eu ate pensei que fosse Apodrecer na grama
Mas eu lhe entendo ...Humana  
Doendo

Doe o que for possível
O que faça valer a pena
Ser de Carne e Osso

domingo, setembro 25, 2011

Nem o Vicio Resiste



Acabou o Amor
Se é que existia
Linda, Vadia
Não deu valor ao que tinha

Perdeu
O que era meu
Por um tempo foi  Teu
Prometeu.. e Não Me deu

Se meteu, me lambeu
Pelo gozo me Envolveu
E quando teve... Se teve
Espavorida se Fez

De sexo se fez o Amor
E nem a Mais Desvairada Alma vive apenas disso
E por isso
Desisto  

Preciso mentir que Te amo




Posso ousar dizer coisas fora de hora, mas elas nunca saberão o caminho para seguir.
Imaginar que tudo que fiz possa ser Relevado por um pedido de desculpas...... Mas logo penso que pensará que estou mentindo ....mais uma vez !

O Domingo amanhece com aquele clima Deprimente, com toda certeza me perguntaria : Por que tanto mente ?
E independente do que eu Dissesse, ao seu ver.......estaria mentindo !

Sem escolha nem saída, Lhe minto que estou bem !

Um sonhar Ligado ao meu Respirar !



No meu intimo, Falta-me a Calma
Tenho plena convicção de não se precisa tudo entender, ou mesmo responder
Pois se pouco sei sobre isso, é que ninguém sabe
Mas tem horas que pareço ser tão sábio, Domino todos os assuntos, todas as palavras que planejo dizer.
Deito em minha cama e fico com o pensamento de que o dia seguinte será......Será?...Será!


Será que vai acontecer?
deito-me na esperança do amanhã chegar e as duvidas cessar, porém a noite se vai...
o dia chega...o sol nasce e tudo permanece igual...
Pergunto-me, será essa a vida que levarei, na duvida de saber como poderia ter sido
se apenas uma palavra tivesse sido dita, se um olhar tivesse sido dado, se um sonho tivesse se realizado...

Ou então se eu tivesse perdido o medo de sonhar de olhos abertos
E tivesse a mesma coragem que tenho quando de olhos fechados lhe abraço, e puxo sua mãos, levando-a para um caminho que nem eu sei. Mas não importa, estamos sorrindo e isso não pode nos fazer Mal..... Ou fará ?

Aonde esse sonho irá me levar? quando sonho estou perto
Posso sentir o cheiro de sua pele, a doce respiração...Mas será que sonha comigo?
Penso se vale a pena levar esse sonho adiante, ligar-te explicando que com você as noites são bem melhores. Iria entender essa louca obsessão?
O medo de arriscar me faz ficar aqui estagnado...Observando..Sonhando acordado. Ou será que estou dormindo ?

Me perco nessa lucidez
loucura de um apaixonado
Ou então eu me ache debaixo dos desamores passados que me impedem de levantar esse corpo de carne Frágil, esticar minhas grandes asas e voar a teu encontro.


O passado ainda me assombra e o medo do desconhecido faz com que eu permaneça nessa implacável dúvida....
Seria eu um tolo?
Espero pela coragem que não vem, enquanto isso sinto você se afastar...
se perdendo dentro dos meus sonhos, nessa imensa confusão de sentimentos...


Tenho loucos pensamentos, alguns sonhos indecentes...
O desejo impede o sono, mas contente eu sonho e são tantos e tão constantes

Que por vezes, até me pergunto se não merecerei castigo
Por tanto sonhar contigo!


                                                                                                     

sábado, setembro 24, 2011

Despertei



Teve um Dia em que Deixei escapar
Teve um dia em que eu disse
E não precisei disfarçar
Teve um dia em que eu pude.... correr sem parar

Naquele dia, Desnudando-me da fantasia, Eu falei
Sem desespero, Pronunciei
Olhando nos Olhos, me encantei
Sentindo o Toque, Desvendei

Teve um dia e foi naquele dia que eu Amei.........e Falei !

De mim, Por você !

A superioridade nunca Foi sua, mesmo quando você estava por cima .... e Tão pouco foi minha !
Como posso afirmar ter sentido algo por alguém que hoje ainda tenta se fazer longe dos meus alcances ?

Eu quero ser por mim, o que fui pra você.
De mim coloque fim em tudo que possa estar por vir, a barreira entre nos se fez concreta e minhas palavras já não terão efeitos, mesmo que eu me torne um profissional da mímica, os teus olhares vão desmontar os meus sentimentos que me esforçarei por meio de gestos para esconde-los dentro de Ti .

Por mais que eu me Jogue e Finja de morto, Vai me olhar sabendo que estou fingindo.

Mas se eu Abrir meus Braços e nada fizer, ficar a espera de um abraço de Adeus ? Dá-me-ia ?

domingo, setembro 18, 2011

Espere meu Agradecimento




Acordou
Passou por mim esnobando minha presença
Tomou teu Banho
Pegou as coisas Sobre a mesa
Olhou-me como quem exigisse Continências e Saiu em busca de Referencias palpáveis para um Fim

Eu espero pra ver
O que irá acontecer
Quando o dia amanhecer
E você não mais me ver
Ali, Parado, sentando Vendo TV
Esperando.......por você !

Debaixo daquela sombra




Me diga o que fazer, não tenho mais palavras pra acelerar essa agonia, esperar é inevitável nesse mundo de minutos incontáveis eu pareço um bobo sorrindo ao ver tuas mensagens, delirando com os pensamentos, miragens !

Imagens, Passagens, tudo parece bobagem quando penso em fazer algo por ti, todas as palavras tornam minha pessoa insignificante, não encontro maneira alguma de sair desse sufoco, entenda-me, Talvez um pouco !

Não consigo demonstrar o que sinto por dentro, e o que tenho por fora, parece impedir qualquer ato de sentimentalismo que meu corpo tente demonstrar, A tua figura feminina torna minha carapaça frágil, Logo descobre o ponto fraco e eu vou ficar vulnerável  ao amor !

Mas desta vez Serei Frágil, Vulnerável ou seja lá o que for, só não quero me diga que perdi o teu Amor !

Quero, Posso e Vou



Tudo na vida gira em Torno do Querer
Então me Diz Vida
O que quer Que eu Viva  ?
Me diz o teu Querer
O que eu posso ter  ?

Ter por querer ?
Ou Querer Por ter  ?
Por Ter posso querer ?
Ou posso Querer se tiver por onde ter  ?

Aonde ter o querer, se o que eu vejo é Ter  ?

Ganancia ou poder, vou ter, pois o meu querer me fez ver que se eu quero, eu posso ter !

quinta-feira, setembro 15, 2011

Aprendendo a Sorrir



Venha, Suba nas minhas costas, Vamos nos aventurar por esse mundo, mas Faça-me um Favor  ?
 - Qual?
 - Feche os Olhos, Pois o mundo não é como eu quero que imagine....Não ate estar preparada para ele !
 -  Acha que não estou preparada ?
 - Esta Sim,  Para o Seu mundo, não para o nosso !
 - E você Ta dizendo que é melhor que eu ? Que esta preparado para o seu, e para o nosso?
 - Não, Quero que fique nas minhas costas, pois as criticas, as flechas, pedras e decepções, não iram lhe atingir, e quando eu estiver preste a Cair, quero que diga em meu ouvido : Estou contigo ! e todas minhas feridas Sumiram, estenderei meu peito e continuaremos o nosso caminho !
 - Mas Eu não quero que tome todas as Dores por mim !
 - Não é por você, e sim por Nós !

O que queria que eu dissesse ?








Que eu Sinto saudade ?
Que minha vontade ainda é realidade ?

Essas coisas fogem das minhas verdade, e desde o começo, jurei por elas, e delas sobrevivo.
Confesso que imaginei, muito mais do que vivemos
E coitada, Tua fantasia é bem melhor do que fazia
Gostaria
Entenderia
Voltaria
Se eu  soubesse que sorria.

Vida, Viva



Não Encare a vida como um desfio
Dela, Ninguém sai vivo
Olhe para as flores
E entenda que elas também sentem dores
Pois então Escolha se entregar, a quem mereça flores
e então terá tuas dores entendidas .

Não sofra com o Desamor
As pétalas só caem quando precisam ir embora
E se vão
Vão só

Quando tiver vontade Sorria, Só ria
Se tiver vontade Chore, Ore
Se puder, Entregue e compreenda as Feridas
E no fim da Vida, cairá como as Pétalas, Leve, sem Sofrimento nem dor !

segunda-feira, setembro 12, 2011

Humanamente Angelical



Alguma vez ja escutou a batida das asas de um Anjo  ?
Escuto todas as vezes que Lhe vejo Abrir os braços, e envolver-me com tuas asas !
E eu preciso disso, é vital pra mim.
Fechar os olhos e sentir as unhas tocarem minhas orelhas

Ja sentiu o Calor do Sol diretamente em Ti ?
Sinto todas as vezes que toca meu rosto..
O Meu sol
Teu Calor

Ja Sentiu A brisa Aliviar aquela Tristeza ?
Todo Romântico é Pessimista
E antes que torne-se tristeza
Aqueça-me no Calor de tuas Asas.

E eu lhe Afirmo, És o Anjo Mais Belo.

domingo, setembro 11, 2011

Aquela Noite Vazia




Vai ficar no sereno
Provando o próprio Veneno
E eu aqui Escrevendo....Morrendo
Dizendo que entendo

Isso parece Vazio
Desanimo
Solidão
Mas Eu sei que não é..( Ou Não quero acreditar que Seja )

sexta-feira, setembro 09, 2011

É verdade que tudo isso floresce ?



Vez ou outra mando beijos
Arrisco E-mails, Telefonemas
Mando ate flores se suspeito que andas precisada.
Digo boa Noite quando acho que esta Deitada, mas espero que durma pra acordar-lhe com o Dizer: Te amo

Se ainda Não percebeu que eu te quero, talvez eu precise ser mais Claro ou direto, me declarar seria o Obvio mas vou tentar descobrir o porque lhe amar !

Porque Não vivo sem o teu sorriso, Tímido e escondido, enquanto encolhe o queixo.
Não me enxergo sem as gargalhadas fora de hora e de lugar, por assuntos que nem poderíamos lembrar

Mas esquecendo tudo essas coisas de um poeta aprendiz, acho que te amo  porque simplesmente não sei Amar. E o que fazer se eu sou barco à vela, à deriva no mar.


Quanto tempo Precisa pra entender ? 

quinta-feira, setembro 08, 2011

Eu Descobri !




Meus textos estão cada vez mais Crus e com palavra clichês meu vocabulário deve ter regredido, assim como minha capacidade de Amar alguém !
Por mais que eu viva bons momentos com certas mulheres, parecem sempre serem vazias e não me acrescentarem nada mais que momentos !

E descobri que Falo e Faço coisas Atoas !
Tudo parece ser insignificante pra esse sentimento que sisma fixar tua imagem em todos os meus pensamentos !
Em dias Frios lá estava, abraçando-me, acolhendo e me enchendo de carinho.
Nas noites de calor Molhava os longos cabelos e ao sair do banho, abria a janela  e pedia que deitasse-me no caminho da brisa, Aqueles longos fios me chicoteavam e o calor dava lugar a gostosa sensação !

Acordo e Penso em ti, vou dormir e posso sentir que já não tenho cansaço e durmo pelo prazer de sonhar
As noites pra todos são escuras, mas nesse meu quarto cheio de luzes que não se apagam pela insónia eu rabisco as folhas e não encontro o que quero, pois o que eu quero não posso descrever, nem escrever !

Peguei o telefone Liguei e na Segunda Chamada, desisti de dizer ! (Pelo menos Assim )

Vesti qualquer Roupa, Desci as escadas correndo pulando os degraus, Corri em direção a sua casa , o Sol iluminava o caminho, esbarrava nas pessoas que mal escutavam minhas desculpas, Ao chegar em frente sua casa, precisava recuperar o fôlego, abaixei-me com as mãos nos joelhos, Respirei duas vezes, e  ao levantar minha cabeça, um Sorriso me nocauteia Dizendo, que estava indo ao meu encontro, pois precisava me ver !

Assim pude Dizer :  Obrigado por não me deixar ser apenas uma Metade !

quarta-feira, setembro 07, 2011

E Agora ?



Doeu
O Amor Não tem que Ser Assim
Não vou mais viver dessa lembrança
Muito menos Alimentar a Esperança

Eu sei que você nunca vai voltar pra mim
Não vai passar, eu sei que não tem um Fim

Eu me Lembro, Ontem eu Jurei por Ela
Jurei pela Bela e sem crença andei por motivos que me Faziam dizer que era bom estar perto !
Mas deu-me uma vontade de voltar pelos caminhos invertendo todos os Motivos para mudar este fim, e se eu tivesse coragem, poderia dizer que estou contente com o resultado.

segunda-feira, setembro 05, 2011

Então não me desculpe, Me ame



Venha, vamos tomar um pouco de sol deixar que ele nos ajude
Não sou mais como era antes, sei que é Difícil acreditar
Sei que a Desconfiança te segura a cada passo que me acompanha e que o medo assopra em teu ouvido que sou um mentiroso.
Mas eu não tenho escolha, preciso sentar com você em qualquer lugar, sentir você encostar a cabeça em meu peito e deixar que meu coração sussurre o meu nervosismo enquanto tento encontrar alguma palavra pra Dizer que me arrependo de ter sido como fui ! 

Pedir Desculpas Seria medíocre da minha parte
Dizer que arrependo-me, efeito não teria.
Prometer tirocínio, não seria da sua Conta
O que me Resta é dizer que Te quero ao meu lado pro resto da minha vida
E da próxima vez que meu coração for dizer algo, você já saberá que é e sempre Será a minha melhor Desculpa para viver !

domingo, setembro 04, 2011

Finalmente Espuma



Eu estava deitado na cama, fumando aquela porra de cigarro
Acho que a nicotina faz-me efeito retardante
Na quarta tragada, lembrei que a vadia estava no banho
Aquele barulho de água e a porta aberta.

Apago o cigarro e levanto em direção ao banheiro, o cheiro do shampoo invade minhas Narinas, e o Barulho da Água Sinaliza que esta a enxaguar o cabelo pois fecho os olhos, vejo a espuma caindo sobre os os pés feitos com esmalte Azul, deslizo meu olhar pelos tornozelos magros e copiosos, continuo a subir pelas pernas silhuetadas e cheia de cicatrizes, virilhas depiladas e ao centro uma Vagina  cheia de pelos, Expugnaram o meu olhar, mas dei continuidade para a minha curiosidade e por uma barriga sequinha eu continuei .

Os seios que Vi, nada Fartos eram, mas não obedeciam muito bem a lei da gravidade, caiam, porem as pontas ainda apontavam para o céu, encantadores !

Prestes a Descobrir o rosto de tal enigma, eu já estava na porta do banheiro com a cabeça apoiada no batente da porta, e quis descobrir de olhos abertos se era verdade o que imaginei. Ao abrir os olhos, o piso branco do meu banheiro tinha gotas de sangue, e alguns escorregões levavam as marcas ate a banheira, quando olho a banheira,vejo meio corpo para fora, pernas mortas estão cruzadas para fora da mesma, uma bunda arrebitada e com uma das nádegas mordidas.

Caminhei lentamente ate aquele corpo que com toda certeza estava desvanecido.

Cheguei ao lado e os braços estavam aberto e pareciam Duros,levantei a cabeça pelos cabelos na intenção de ver quem era, quando olhei para aonde deveria estar o rosto, cacos de espelho cobriam-o e fizeram enxergar-me  naquela Morte !

quinta-feira, setembro 01, 2011

Assim Se faz, se For Capaz !









Se você for capaz de Espremer aquelas Calcinhas Penduradas no chuveiro, que por preguiça a tua amada não lavou, esprema e sinta aquele liquido Gelado escorrer pelo antebraço e antes que chegue ao cotovelo passe a língua e e chupe com vontade aquele pano que a Noites aconchega uma Jóia !

Se For Capaz de Entrar na intimidade já Liberada, sinalizada pela porta Semi aberta, enquanto tua amada 

Defeca no vaso de Cerâmica Fria, enfrente aquele momento e dê-a um beijo enlouquecido, Aromatizado naturalmente por MERDA!

Se for Capaz de Lamber aquela Dobra entre os braços onde se encontra o "fedormonio" , e puder raspar a língua sobre os pelos Ásperos que ali te arranham !

Se Capaz for de Todas as manhas,rigar os Lábios secos da sua amada que exalam o cheiro daquele mau hálito matinal.

És Capaz de Limpar as Remelas daqueles olhos Que mal conseguem se abrir, ficam piscando e se escondendo do sol, limpai-as e proteja os olhos ate que eles se acostumem com a luz e abra caminho para um sorriso que vem acompanhado de um braço esticado para o canto da cama, enquanto o outro se contrai sobre a testa que tem cabelos que grudam emaranhadamente no suor !


Se For Capaz de Dizer que Amas, Será capaz de ser sincero pra dizer que Não sabe o que é Amar !

Meu Corpo



Ele quis Dominar o meu Inofensivo Corpo
Quis tomar conta de minhas Atitudes
Disse que agora estava no comando, e a ele eu deveria respeitar !
Reinou por um tempo, Pois jogou o Amor contra mim !

Me colocou os Cabrestos, ignorando minha cegueira
Usou antolhos para que eu não percebesse a Emboscada
Mas meu extinto não nega meu corpo
Sou um Animal sem Rédea nem Cela

Não teve capacidade de Domar minha selvageria
E num só coice
Meu Lado Animal Abocanhou o reinado do Racional
Agora Normal e guardado para um dia caminhar ao lado como bons amigos !