Postagem em destaque.

sexta-feira, dezembro 31, 2010

ir-re-pri-mí-vel




Nada de Amor, Nada de paixão, nada de sentimento, nada então do coração!
Posso Substitui-lo por mais um Órgão sexual, quero duplicar meu prazer, quero derreter-me em suor alheio, me jogar em uma cama, nu, e levantar vestido, vestido de satisfação, tomar um banho Gelado, e novamente puxar os cabelos de quem me acompanha !

É natural que uma hora eu me canse; a maior de todas as almas não ficaria insensível ao prazer abundante, e não gostaria de ser conhecida como tal.

sábado, dezembro 25, 2010

Noite em Claro




Em um Cómodo da casa me jogo e fico,fico ate que o sono me encontre, esta difícil dormir com o ronco do meu coração que bate hibernado em um amor .
O som do silencio incomoda mais que o caos da cidade grande, um misero barulho e eu acho que o coração se entristece. Por alguns tempo vou ficar assim, ate que eu tenha pressa de voltar a acelerar meu pobre coração, por enquanto sinto saudades, a principal causadora da minha insónia, barulhenta, com o dom de despertar qualquer urso que esteja hibernando.

Pois agora sei porque roncas meu pobre coração, cansastes de tanto se alimentar de saudades, e desistisses então do bom sono de um apaixonado !

terça-feira, dezembro 21, 2010

Talvez seja essa a Tal Felicidade!




Por Razões que eu não consigo compreender, você esta sempre ao meu Lado.
Talvez seja o sonho de qualquer apaixonado ter algo assim, sempre presente, mais saiba que estou enjoado de você.

Seria pedir demais ? me deixa quieto, quero respirar sem pensar em ti.
Quero poder dizer que estou com um novo amor, sem te dar satisfações.
Você deve gostar mesmo de mim, Ta sempre a me procurar, eu sei que quem ama uma vez, não deixa de amar.
Mas desse jeito acredito que o melhor seria te perder, e aprender então a dar valor no que sempre me acompanhou.
Hoje lembro de tantas vezes que olhei para o céu e desejei tudo aquilo que deixei no papel, Vamos fazer um trato ? Você me deixa tentar um novo amor. e Se nada der certo,eu volto pra você, minha Querida Solidão !

sexta-feira, dezembro 17, 2010

Enterrado (ainda vivo) !




Eu poderia Amar, falar e fazer tudo outra vez, exatamente igual. Mas a partir de agora prefiro mentir sobre tudo que sinto!

Poderia mergulhar no meio das ondas, sentir a força da agua limpando minha alma, como se fosse uma poeira leve.

Mas prefiro Flutuar sobre o mar, deixar que as ondas passem por debaixo de mim levando teu poder de limpeza pra morrer em abundância de desejos que as mesmas limpam e depositam na beira da praia!

Poderia correr de Braços abertos por toda a orla da praia, gritando EU TE AMO, e sorrindo pra quem se indignasse com minha alegria. Mas prefiro escolher o canto mais vazio do imenso cemitério de areia, cavar um buraco gigantesco e jogar o meu "Te amo" para que um dia as ondas o descubra, e leve-o para bem longe onde eu não mais possa encontrar !

terça-feira, dezembro 14, 2010

No Final, O que Falta ?





Não Adianta agora em leito de desespero, dizer que se arrepende, foi você que quis assim, e como desde o inicio da "MINHA" paixão eu sempre fiz suas vontades, desta vez não precisou falar, eu entendi pela forma de me tratar.

Quero só ressaltar que: Deixar um amor verdadeiro escondido, é sempre o caminho mais rápido para o assassinato de um coração valente !

Pois então, não me procure e continue se escondendo, sumindo cada vez mais um pouquinho, que um dia a tua falta fará do meu amor completo !

segunda-feira, dezembro 13, 2010

Tairine Vargas



Sou um mero conquistador e tão pouco sei sobre o amor. Mas de uma coisa eu posso me assegurar, uma verdadeira mulher não recusa uma bela rosa acompanhada de um sorriso sincero!

Sinta-se presenteada agora, e Sorria olhando para a lua, ela vai saber me transmitir exatamente a luz do teu sorriso !

quinta-feira, dezembro 09, 2010

Diariamente ( as vezes a noite) !




Revoltado, estou aqui lembrando da inúmeras portas que o amor me fechou, algumas doeu bater a fuça com toda vontade de entrar, outras eu ja estava preparado, mais insisti em tentar derrubar, ate que um dia, descobri que tenho dentro de mim uma infinidade de chaves, para testar, mais não pude deixar de reparar, que de todas as portas fechadas, uma sempre tem a chave na fechadura, é a porta mais atraente, tem forma de desejo, cheio de pecado, mais é perigosa, da mesma forma que entra é bem fácil sair. Acima dela tem um letreiro gigante, escrito prazer !

E Realmente, a porta do prazer, não digo nem que precise virar a chave,ja esta automática, basta se por a disposição e ficar em frente .. ela se abre, se arreganha, e trás junto a sensação de perigo, o prazer o êxtase vantajoso. Mas E dai ? entrou em quatro paredes, sem saída, nem despedida, simplesmente Prazer, acabou e tu voltou exatamente pra onde estava!

Assinado Por Ela( vontade) !




Receba essa carta em branco, do meu pobre coração e interprete-a como achar conveniente!

Como um Gesto de não ter palavras pra dizer o que sinto por ti; Ou como se nada que aconteceu valesse a pena, gastar meus punhos falecidos de lhe estender Rosas recusadas, para escrever algo que no mínimo, tu amassaria !

Entenda como um Vazio, como um nada ou como simplesmente uma folha em branco !
Mas pode também entender como um majestoso ato, lhe entregar algo tão puro onde possa usar de suas sábias interpretações para continuar me esnobando, ou me aceitar de vez com transparência !

sábado, dezembro 04, 2010

Pecador Desiludido !




Me Diz pra que de tanta tristeza ?
Levante as mãos e Brinde o Desamor !
Acredite, tirando o "s", viveríamos De amor
Seria tão mais elegante quebrar as taças nas mãos, brindando algo que literalmente nos motiva !

Ja que é assim, brindemos a putaria a nudez e os pecados, Jogai-nos em cama limpa, rodeada de fartura e luxúria, só assim encobriríamos a gula de um prazer insaciável !

Não me nego a comprar corpos se for esse o meu desejo, iria me orgulhar em Dizer que são meus e Só meus, e ainda sentiria uma pontinha de avareza por ter deixado pra tras uns tantos que me pediam pra traze-los pro meu reino !

Mais infelizmente estou aqui, Brindando com a lua, uma noite de selvageria e desamor!
Tão simpática, ela não para de Sorrir !

quinta-feira, dezembro 02, 2010

Incorpóreo




Certo dia se dá inicio ao nascimento de um espetaculo, com os sorrisos as luzes se acendem, dando foco para esperança, os olhos simbolizam por sua vez as cortinas, que independente da platéia se fecham ou se abrem, iniciando um bombardeio de descobertas e sentimentos; que podem ate ser desconhecidos, mas são muito bem vividos !

Com o tempo a interação, confiança e intimidade dos protagonistas, tornam-os amantes, e a nudez já não é o prato principal, talvez necessitassem de um pouco mais de sal, ou bom astral. Mais mesmo assim, o espetaculo não Para !

O Jeito é lembrar que isso nunca acaba, apenas se esconde atrás das cortinas, e sempre ajoelhar agradecendo o Amor, por nunca poder toca-lo, pois seria o fim de um belo Romance !