Postagem em destaque.

sexta-feira, agosto 27, 2010

Noite a Fantasia




Seria de extrema ousadia da minha parte, dizer ali em meio a todos, que suas curvas deixam-me freneticamente desgovernado.

Mas Uso da minha ousadia acumulada, pra lhe dizer aqui agora que as vezes no silencio da noite eu fico imaginado você, invadindo o meu quarto, jogando ao chão os meus sonhos secretos, desvendados por simples peças de roupas escorridas por suas curvas, como se uma enchorrada de desejos varressem nossas limitações e nos fizessem complemento um do outro. Você poderia tentar ser mais Humana, abrir os braços e soltar a faca que me apunhalaria as costas em um abraço, e deixar que se trinque a mascara ao me dar um sorriso sincero!

E para esgotar minha ousadia, vou lhe dizer em seu Ouvido, deite-se comigo, Com mascaras e facas, só por hoje ! Só Hoje!

sábado, agosto 21, 2010

Balança desregulada !

Filósofo existencialista Jean-Paul Sartre (1905-1980)


Amor...
Sexo...

Sexo, amor
Amor, sexo
Sexo com amor
Amor com sexo

Sexo sem amor
Amor sem sexo
Sexo e amor
Amor e sexo

Amor tem sexo
Sexo tem amor
Sexo vai amor
Amor vai sexo

Amor substitui sexo
Sexo não substitui amor
Amor atrai sexo
Sexo Trai o amor

sábado, agosto 14, 2010

Loucura de um Lúcido !




De todas ânsias de cometer loucuras, a sua foi a que mais me atentou.. que mais me procurou e a que mais me judiou. De todos os amores, o seu foi o que me fez ficar na janela, imaginado que os faróis dos carros eram estrelas, e a cada estrela fiz um pedido, Tantos pedidos, que me levavam a um só fim...

De todas ânsias de cometer loucuras,a sua foi a que me fez dar inúmeros adjetivos ao amor, se ele não é pontual e todas as vezes mostra-se imprevisível, Foda-se todos os meus Desejos então, que se exploda os meu planos, e que de todos os meus pedidos, se realize apenas um, pois eram todos iguais..!

Quem sou eu?
Nem acredito em pedidos as estrelas... e estou aqui tentando enganar estrelas falsas...!

De todas ânsias de cometer loucuras, a sua foi a que me Fez vomitar verdades..!

sexta-feira, agosto 13, 2010

Por fim, Desistência !




Talvez eu me arrependa mais pra frente, mas Hoje desisto de regar as flores que lhe dei, deixe que faleçam, peço que não diga-as que lhes abandonei, pois vão querer me seguir, deixe-as contigo, caberá a você regá-las e cultivá-las(se assim for sua vontade), pois a mim não mais pertencem, as rosas ficam sobre minha posse enquanto as amo, quando me canso do cultivo sem colheita, parto pra longe para que não comece a destruí-las.

Talvez seja o frio, o meu sentimento frio, que deixe-as secas, os meu sentimento não servem mais pra fortifica-las, se eu as regar mais uma vez, será o fim..!

Não se esqueça que por mais que seja linda e romântica, toda historia tem um fim, todo dia tem uma noite, e todo amor tem uma lembrança..!

Já ia me esquecendo de ficar mais leve, deixo aqui meu amor, mais uma centenas de rosas enfeitadas de lembranças que não pude lhe entregar, pois cultivei-as dentro de mim, e são a base de toda minha caminhada!

Antes que me pergunte o Porque, faço isso pois minhas historias não possuem capítulos, elas terminam de vez ou jogo-me as rosas para que me Devorem !

sábado, agosto 07, 2010

Sem Escolha !




Sei que por debaixo desse seu calor que me envolve, me alucina, dissipa meu prazer e arde-me; Tens uma pedra insípida, rude, polida e branca, onde vejo meu reflexo todas as vezes que me vira as costas, por de traz do calor que esquenta o sangue, tens a frieza que gela o ato, interrompe o fato e trinca minha fauna selvagem ao se despedir tocando-me suavemente com os dedos longos e finos, os mesmos que me fazem sentir a mais estranha sensação de ter o corpo quente, os movimentos rapidos e com um so toque, fico frio, ainda nu e exausto, mas sobre mim ainda sinto as gotas quentes de suor, que escorrem lentamente por meu corpo. As únicas fontes de calor agora são as gotas de suor e meus olhos que não perdem um so movimento de nádegas e nem se quer uma Caida de cabelo pelos ombros. Uso das minhas ultimas forças para puxar sua blusa ate meu rosto pra que me esquente com seu cheiro e eu possa recompor-me, para lhe dizer TE ODEIO.

terça-feira, agosto 03, 2010

Pétalas Machucadas, São Mais Cheirosas !




Querida, Tente entender, a briga das flores nem sempre acaba em pétalas Caidas e despedaçadas.
Presencie uma birra entre flores e preocupe-se apenas em sentir o aroma das pétalas se esfregando e o som quase imperceptível das pétalas ao cair, perceba que por lá ficam ate que a chuva venha banha-las acalmando o clima, e o vento Mesmo que seja voraz, arrasta-as ate mim, que as pego todas molhadas, machucadas, Dengosas e carentes...
Mas cada uma com um cheiro doce e excitante presente em lindas Flores !

Por isso Não hesito em Dizer que Amo cada pétala Derramada !