Postagem em destaque.

domingo, fevereiro 28, 2010

Amor Recorrente

Hoje estou feliz, o meu Amor veio me visitar..! não mais com o belo sorriso que os meus dias alegrava, não mais com a pele macia que me tocava, hoje percebo que fez muito mal a mim, mas nada se compara com o que fez a você!
Conheci Aline em uma Noite de outono, Noite fria, folhas caídas,o vento as varria de vez em quando, o mesmo soprava meu ouvido. Eu estava a andar distraído, quando uma voz Doce interrompeu meu passeio dizendo: Por favor, onde encontro um albergue? Acessível se possível! Rsrsrs (aqueles Risos, envergonhados, me hipnotizaram por alguns segundos). Não tão rápido me lembrei de um perto de minha casa, e lhe disse, estou indo a caminho de um, se quiser segui comigo, vou adorar sua companhia, mas se apenas quiser o endereço, estarei feliz em ter tentado ajudar! Ela me responde como se já me conhecesse: Acredito que estou em boa companhia e segue ao meu lado, Onde me pergunta educadamente: Qual seu Nome? Eu respondo: Rogério, e o Seu? Ela: Bonito Nome! O meu é Aline, Prazer Rogério, e apóia uma de suas mãos em meu ombro enquanto caminhávamos, Poucos passos calados, Começamos a Falar no mesmo instante, e logo em seguida rimos, como Cavalheiro, disse: pode falar! Ela Então educada: Diz Você.! (toda Sorridente, com gestos, se curvava um pouco pra trás quando ria, era uma Moça magra, baixa, cabelos cacheados, ondulados, olhos pretos, os quais davam um belo contraste com sua Pele branca, vantajosos cílios davam um toque de sedução no seu olhar, mas o que roubava a cena era aquele sorriso, brilhava feito as estrelas no céu ! ) Estávamos próximos já, perguntei sua idade: me respondeu dizendo: Ainda tenho muito o que viver anjo ! e em seguida me disse é aqui ? Apontando com o dedo para o Albergue, eu Afirmei com a Cabeça, ela Disse pode deixar, eu me viro a partir daqui, quando estava me virando ela Gritou: Hey, vem almoçar comigo amanha, não sou acostumada a almoçar sozinha! Apenas ergui minha Mão e fiz um sinal de Jóia!
Logo estava em casa e foi inevitável ter a imagem dela em minha cabeça durante as próximas horas, me deitei planejando as perguntas do dia seguinte, o que dizer a uma mulher feita aquela..!
Acordei cedo, como de costume,tomei meu leite, e comi algumas torradas e fui caminhar, fora do meu controle lembrei de Aline, e escutava os risos dela em minha cabeça, acelerei os passo, voltei para minha casa a tempos de tomar meu banho e sair pra comprar algumas lembranças, comprei uma Rosa Vermelha, pois de mim brotava uma pequena paixão,e uma rosa branca, pois não deixava de ser uma amizade.. Apenas isso ..e fui ate o Albergue onde Aline se hospedava! Lá chegando ela estava sentada nos degraus da frente, lendo um livro, mal percebeu minha chegada, sem dizer nada joguei a rosa vermelha sobre as folhas do livro, com um breve susto, e um sorriso escondido ela me olha, e Diz: pensei que almoçaria sozinha hoje! Vamos, já pesquisei um bom lugar tem uma padaria no quarteirão de trás onde servem uma boa comida;”foi o que me passaram” rsrsrs (eu não tinha muito conhecimento, mas já tinha ouvido falar. Chegamos, era um lugar simples umas 4 mesas de madeira pro lado de fora, nos sentamos e ela logo pediu um Misto quente com mais Presunto do que queijo, e um suco de laranja( engraçado, Parecia que ela me conhecia a tempos, não tinha vergonha, era extrovertida, sorridente, me deixando com vergonha, então.) Sem muito jeito, disse ao atendente, quero o mesmo que ela, mas por favor o queijo que não colocar no dela, pode colocar no meu, e dei uma pequena gargalhada, contagiando-a também! Minha primeira pergunta foi o que a fez mudar de cidade? Sua resposta foi: faculdade, vou fazer Nutrição, e fiquei sabendo que por aqui,são ótimas as aulas!Confesso que sem entender, Afirmei dizendo: São mesmo! Logo nossos Lanches já estavam à mesa! Eu querendo mostrar educação, primeiro almoço, fui pegando o guardanapo pra pegar o lanche e quando vi, ela já estava enchendo seu sanduíche de Catchup, pegando-o com a mão nua mesmo! Fiquei um tanto intrigado, mas dei continuidade a minha educação, ela estava com uma roupa simples, mas eu não pude identificar o que me seduzia, talvez o que brotava por dentro de mim..! Ela vestia uma calça de moletom cinza, uma camiseta de manga comprida um pouco mais clara que a calça, e seu cabelo estava preso, lembrando cabelos de bailarinas. Enquanto estávamos comendo, falamos poucos, alguns elogios de mina parte. E então depois de satisfeitos eu entrego a rosa branca, a qual estava um pouco amassada de estar em meu colo por todo aquele tempo. Ela sorri, e me pede perdão, pois esqueceu a outra rosa na escada do albergue! Se levanta e me Diz: Vamos buscá-la, Arrumando os poucos fios de cabelos solto, colocando-os para trás da orelha, Em seguida Limpa o canto sua Boca com os dedos e me pega pela Mão, eu disse: temos que pagar a conta, Espera! ...... me puxando ainda mais forte Diz, já esta paga desde manhã..! Corri então junto dela, Chegamos no albergue, a rosa estava La, no mesmo lugar, junto de seu livro ! ela se abaixa, pega os 2, e me Diz: quer entrar ? ( eu mais uma vez penso comigo, isso deve ser amor de vidas passadas, ela parece me conhecer tão bem, confiando plenamente em minha pessoa, seria ate desfeita eu não entrar) apelas Balanço a cabeça dizendo sim, e a Sigo, entro e me sinto mal, um lugar meio sujo, Varias portas, algumas com rachaduras, quebradas, sem maçanetas, nunca tinha entrado ali, se soubesse que era assim, nunca teria indicado a ela, me sinto envergonhado então, achando que ela me chamou pra entrar, apenas pra me mostrar o lugar, Era um lugar escuro, Tenebroso, a presença dela ali, era como Um Anjo em Meio as Trevas, após passar uns 8 quartos, chegamos então no quarto dela, ela coloca a chave e se vira pra mim, coloca suas 2 mãos em meu rosto, batendo os pés no chão e Diz: Não repara na bagunça.! Eu fecho meus olhos devagar, balanço a cabeça com um sorriso e abro os olhos lentamente, sentindo aquelas mãos macias, saindo de meu rosto!
Ela então vira a chave, e Apóia seu ombro na porta, e da umas pequenas empurradas, vendo aquele pequeno ser, fazendo um esforço, não em contendo e Começo a rir, ela então vira pra mim e faz um charme, levanta seu Braço mostrando o músculo, querendo dizer então que é forte..! Quando piso para dentro do minúsculo quarto, ai sim me sinto Em um belo ambiente, tinha apenas uma cama, com lençol Verde claro, e bolinhas rosa, um travesseiro, com a fronha ao inverso do lençol, havia uma pequena televisão, uma cômoda, com uma das gavetas quebradas, o cheiro no quarto me deixava em Nostalgia Com algumas lembranças, mas Não recordo com clareza das coisa que se passam em minha cabeça, ela então me diz, Sente-se, eu me sento e ela se vira de costas, e começa a trocar de roupa, Tira sua camiseta, em minha frente, eu perco-me nos olhares, naquele pequeno quarto, passo a admirar as costas que em minha frente estava, as Linhas as Curvas, mal analisei as costas, e ela então já estava só de roupas intimas, e suas curvas pareciam me embriagar, ela era pequena ao meu ver, mas Gigante ao meu sentir, e uma leve brisa que bateu da janela me faz acordar, e logo em vem na cabeça( ela me conhece a 2 dias, e já esta assim ?.. algo esta errado, sinto como já amasse ela a vidas!) ela se coloca uma calça jeans clara, Apertada, uma Blusa Branca, com grande decote.! .... Abre uma de suas gavetas, pega um Coração Feito de Vidro, pequeno, e me entrega dizendo, Lembra disso? ( eu tinha sim, Algumas lembranças, Me passavam pela cabeça Sorriso, beijos, Cheiros, ela então diz: Vai me mostre a Nova cidade onde vamos Morar! Saio daquele Quarto onde sentia a Paz, e tenho novamente que passar por aquele corredor, onde no meu sub consciente ouvia gritos, choros, Risadas irônicas, explosões, e as imagens eram escuras, Logo saio, e olho pra trás, vejo Aline como um anjo, passando em meio os desastres, como se já convivesse por ali, chegando ao final do tal corredor, como se estivesse pousando de um vôo.. arrumas seus cabelos, agora soltos, e me segura a mão, Começo a andar sem Rumo, Quando vejo, Estou levando-a ate minha casa! Paro em frente.. e Ela me pergunta, Não vamos entrar? Parei E fiquei olhando pra ela, Estava de tardezinha já o sol se punha calmamente, como se quisesse evitar que a noite chegasse naquele dia, Este horário os pássaros Sempre cantam, mas hoje não, não se escutavam nada, os sons pareciam ter Deixado de existir, o que eu vi era aqueles olhos, com seus grandes cílios me olhando, e tentando dizer alguma coisa, que eu não estava capacitado a entender ainda, Sentimentos ali brotados, me levaram a beijá-la, primeiro beijo, com Gosto familiar, químicas, abraços, tudo se encaixava, e aquele cheiro então, me entorpece, toda vez que o Respiro. Após o beijo entramos em minha casa, ela se sente à-vontade, se senta no sofá, cruza as pernas e me pergunta, a quanto tempo nos conhecemos mesmo..? ( muito estranha a pergunta, mas vou deixar no ar, respondendo-a assim..) : Não me lembro, parece uma eternidade...! ela Então diz: posso vir morar contigo.. ( eu ergo minha cabeça ao céu, e me pergunto .. porque tudo isso, tão rápido, ela é maluca, sedutora! Qual seria o segredo, de me seduzir assim desde o começo, só ela me fazia acreditar, no mundo perfeito! ) Tudo que era meu, parecia ter o seu jeito, e minha casa, com toda certeza, era muito melhor que aquele lugar onde ela estava, Disse que so moraria comigo, se fosse buscar as coisas agora, nesse instante, ela então se levantou e disse, mas preciso de ajuda, me prontifiquei e fomos buscar suas coisas, mais uma vez passaria por aquela Escuridão, mas segundo o salmo 91’ mil caíram ao meu lado, dez mil a minha direita mas eu não serei atingido, fiz o sinal da Cruz, e me juntei ao meu anjo, chegando na porta do albergue, não estava mais um clima pesado, totalmente diferente, pisávamos então, em verdes pastos, com lindas flores, leves brisas, Borboletas, pássaros por toda parte, e então ela me para no meio do caminho e vem em meu ouvido dizer: Sim, meu anjo nosso amor é de outras vidas, e você só esta passando por tudo isso, pois faz parte da minha missão te buscar, e Te levar para o outro Plano, fiquei feliz em ver que você continua um grande homem, receptivo, Charmoso, Conquistador; em todas encarnações que me encontro contigo, me encanto e me apaixono por Você! Sinal de que Você Evolui cada vez mais o seu espírito.....! Pegamos suas Coisas, e voltamos para minha Casa, e simplesmente, meu espírito deixou meu corpo, e eu não à via mais como uma Simples e linda mulher que passaria por minha vida, e sim com a Maravilhosa Heroína do meu ser ! Mas Por Algum motivo, Fiquei algumas vidas a me sentir sozinho, via que faltava alguma coisa, me sentia vazio, Eu estava chegando ao fim de mais uma vida, me vi sozinho, a Noite Caiu, o Sol se levantou, e para minha surpresa e alegria; O meu Amor Veio me visitar..! não mais com o belo sorriso que os meus dias alegrava, não mais com a pele macia que me tocava, hoje percebe que fez muito mal a mim, mas nada se compara com o que fez a você!

Sua Nova amiga, Pode se Tornar sua mais Fiel inimiga!

Antes que me tenha ao seu lado pro resto da sua vida, e antes que eu esteja presente em todos os momentos da sua vida, quero que saiba realmente quem eu sou: Sou Dominadora, Te Dou Adrenalina entrando pela Sua corrente sangüínea, faço sua cabeça talvez nem perceba, te levo as alturas, SIM! Bem perto das nuvens, viajaremos a Qualquer lugar, basta você me preparar, me tocar, me beijar, me sentir, e eu então vou lhe mostrar que te deixo louco, pouco a pouco domino o seu corpo a sua mente, não mente, sou completamente Dependente de Você, e te faço totalmente dependente de mim, sintonia perfeita de prazer e alucinações onde é você quem da inicio as nossas aventuras, e ninguém melhor e tão poderoso quanto você, pra dizer a hora de parar, mas acredito que você não é diferentes dos d+ que Se aventuram comigo,Me procuram por curiosidade e acabam se apaixonando, vocês atendem os meus chamados, a qualquer hora, a qualquer lugar, mas sabem que sou perigosa, pois sempre vão me encontrar em algum beco, esconderijo; lugares escuros me fascinam, me deixam mais livre, mais voraz, totalmente familiarizada com o ambiente, deixaras de sair com seus amigos, deixaras de se divertir, ate mesmo de comer, apenas pra poder me ter, não se esqueça, seus VERDADEIROS amigos tentaram te ajudar, mas nada à de adiantar, pois viciado em mim você esta! A Esta altura dominado se encontra, já não existem argumentos para me abandonar, pois lhe dou tudo o que queria encontrar, mas apenas por alguns Minutos, mas isso faz parte do meu jogo, pois te quero aos meus pés de novo, me implorando prazer, loucuras, viagens, alucinações, Mas tudo tem seu preço meu Querido, ao meu lado te deixo calmo, tranqüilo feliz, mas basta sentir saudades já passa a ser agressivo, desesperado, louco por mim, HaHaHa como isso me deixa entusiasmada,excitada, te ver fazendo de tudo pra estar ao meu lado, ao meu conforto, as minhas ORDENS ! isso pode durar 1 dia ou uma vida toda ao meu lado, mais uma vez lembrando do poder da palavra, você é quem decide, basta dizer que não quer mais me ver, mas eu nunca te esquecerei, em alguns momentos lhe procurarei, você sempre lembrará de nossas aventuras, pois é meu eterno dependente, mesmo que nunca mais volte a me encontrar, sempre estarei te seguindo, mas você só vai me ver se for de sua vontade.
Mas Voltando ao nosso relacionamento, não posso dizer que sou perfeita, pois todos que não me conhecem dizem que sou má, ruim, só queria que me explicassem então o Porque de eu estar em todos os cantos do mundo, ser motivos de tantas Disputas, vamos concordar Baby, não sou tão ruim assim, enfim, o tempo ao meu lado passa rápido, e quanto mais me procura mais me conhece, lhe apresento minhas amigas, mas acredite esta preste a conhecer a Minha mais renomada aliada, mas ainda preciso ter certeza que é isso que você quer, vamos continuar querido..?? não se esqueça te dou tudo, mas a quem muito é dado, muito é cobrado ! enfim, você não resiste a mim e eu lhe apresento a minha companheira inseparável a MORTE..! e so agora então tenho o prazer de me apresentar: Muito prazer meu Amor, Eu Sou a DROGA !

Vaidosa por natureza!




Bernardo era ate então um homem bem Sucedido,alto, olhos castanhos, Boca Sedutora, Cabelos Lisos (Do Tipo que Tentamos Bagunçar, mas sempre volta ao Normal depois ..Rsrs) Tem um bom porte físico, é um tanto charmoso, enfim, um Bom partido...!!


Problemas com conquista de mulheres todo homem tem, mas Bernardo não tinha lá essa dificuldade,Tinha uma boa lábia, sabia o que dizer e onde fazer, e geralmente quando homens assim ficam um tempo sem mulheres dizem que são as fases: “Isso é fase, Logo chove mulher de Novo”. Mas não foi bem isso que aconteceu .. já se fazia 8 meses que Bernardo não sentia uma pele macia e cheirosa, um bom calor feminino..! Foi ai então que ele passou a escrever todos os dias em seu Computador, Características, fatos, momentos, em que envolviam ele,e uma outra mulher qualquer que na mente dele estava sendo criada, pois favorecia todos os pontos em que Bernardo gostava ! a Primeira Escrita Foi: “Quando à Vi chegar, passar por mim, com aqueles Cabelos longos, Escuros mas Loiros, uma beleza profunda e misteriosa, seus olhos penetrantes os mesmos que me magnetizavam e hipnotizavam tentando descobrir os meus segredos ocultos. Tive certeza de que essa mulher era Vaidosa por natureza.”


Foi uma breve descrição de que Bernardo estava a Imaginar , querendo buscar uma mulher na qual lhe fizesse muito bem ... passou então a entrar na historia .. e sua segundo tentativa foi : “Ela Parecia Carente, e Fragilizada parecia viver individualizada em um mundo q nem mesmo eu conhecia. Uma Princesa doce e feminina, eu queria tira-la desse Papel... mas Pode ser muito arriscado, mulheres assim sempre são furiosas quando perdem o controle das emoções, não conhecem os limites quando são tiradas do serio! Mas minha vontade de te-la ao meu lado era maior do que o medo de arriscar, então resolvi aproximar-me daquela fonte q fazia em mim brotar desejos e começar então com um elogio, quando disse, Foi inevitável querer saber seu nome, pois não seria legal te-la todas as noites em meus pensamentos sem ao menos poder chamar-te pelo nome ! ela então lançou o seu belo olhar tentando me abalar, querendo saber a minha verdadeira intenção com o Elogio . Confesso que na Hora Gelei e Tremi as Pernas ”


Esses Trechos passaram a ser diários para Bernardo.. todos os dias se encontrava com sua Imaginação e logo após com seu computador .. foi ai então que passou a ficar mais interessante, no ponto de vista do Imaginário, sua próxima escrita dizia : “ Após alguns dias, cafés, almoços, tive a coragem de me aproximar mais daquela linda mulher, a qual o nome já não me recordava, mas a cada dia me apaixono mais e me pego desejando-a, com pequenos gestos, passei a acariciar Seu rosto, segurar suas mãos e Buscar fixar o meu olhar no dela naquele momento não queria esconder nada, sei que ela Buscaria Tudo em meu olhar, pois é a Porta do meu ser, da minha Alma! então estávamos nos Hipnotizando quando senti que poderia unir minha alma com a dela,pois sentia ali uma forte ligação..! e Lhe Fiz um Convite ... à chamei pra jantar em minha casa, eu mesmo iria preparar e servir.Sem ao menos pensar aceitou o meu convite! “


Bernardo neste momento ja estava Preso a isso .. Como morava Sozinho, Seu pai ja havia falecido e sua mãe morava junto de seu irmão mais novo! Na Seguinte Noite, ele Realmente preparou jantar pra 2, buscou alguns livros de sua mãe que era uma Cozinheira de mão cheia, e começou a preparar algo, estava confiante, preparou sua casa, espalhou algumas velas pelo ambiente tornando-o diferente do habitual, preparou um prato simples mas sofisticado Medalhão de Filé com Queijo Coalho, e um Belo Vinho Tinto...de Entrada uma Salada César! e colocou uma Boa Musica pra Complementar o Tempero do jantar !


No Computador Bernardo Dizia: “Após tudo Pronto, fui me Trocar .. Busquei colocar uma Roupa confortável e Casual, o Dia estava um Tanto Frio Vesti uma calça Jeans Clara, uma Camiseta Branca sem estampas e uma camisa Xadrez Azul por cima e a deixei aberta, Pra Não ficar Tão Culto. Coloquei uma Sandália neutra e sai para Buscar minha perola, Sai sem rumo, Sem saber ao certo onde encontrá-la mas meu coração me guiou pra alguma praça, na qual vi uma Linda Dama Sentada no primeiro Banco, o mais iluminado por sinal, Parei na ao lado, desci do Carro, fui a sua Direção, Quando ela me estendeu a mão, uma Mão mágica, unhas Vermelhas, um Belo anel de Brilhante no seu dedo, após levantar analisei o seu traje, estava com uma sandália de Salto Mega Alto e Fino,Preta, Com Amarrações no tornozelo, o vestido longo e Vermelho com um Belo Decote nas costas, o Cabelo trabalhado em um penteado Sexy e um Belo Brinco completava a mulher que iria desfrutar de minha companhia naquela noite...! Voltei Rápido a minha residência pois a refeição estava no forno, chegamos, Fui cavalheiro lhe abri aporta do carro logo após a porta de minha casa deixei-a colocar a Bolsa onde Quisesse,pois Realmente não faço idéia de onde Vai uma Bolsa Feminina em uma ocasião dessas, Sentados na mesa, Busco a Salada , e ela me Sorri, sem Dizer nada pergunto se posso servir-la .. ela apenas balança a cabeça dizendo que sim ! Sirvo-a e me sento,fico alguns minutos a admirar Aquelas lindas mãos em conjunto com aquela boca delicada,que mastigava lentamente, ela em olhava algumas vezes parecendo envergonhada, mas eu não acredito que fosse, ela me demonstrou uma mulher tão segura não poderia estar com vergonha, ou estava, por estar em meu território, talvez eu era o dominante naquele momento após alguns olhares e um tempinho acredito que Já tínhamos aberto o apetite, eu então busquei os medalhões e a Garrafa de vinho pra dar seguimento ao jantar, engraçado que ela só me respondia com gestos, todas as perguntas e eu ja estava inquieto, queria estar mais próximo, Não me lembro dela comer sei que uma hora eu estava satisfeito, e seu prato estava vazio. Então me levantei e a convidei pra ir a sacada, sentarmos e aproveitei pra conversar ! apos um tempo sentados e quietos eu fui falar algo, ela colocou o dedo em minha boca e fez um gesto de silencio e passou uma de suas pernas por cima das minhas ficando sentada em meu colo, de Frente pra mim ..apenas me olhando, ficou cerca de 1 min se levantou e saiu, não me deu tchau, não falou nada, e ate hoje não descobri como ela abriu a porta e conseguiu sumir em poucos minutos ”





Após Algumas Taças de Vinho Bernardo Realmente Acreditava que tinha Tido um belo jantar, só não entendeu o porquê de um Prato e uma Taça limpa Sobre a mesa, deixou para arrumar tudo no dia seguinte e foi se deitar ! No meio da noite se levanta, e vai ate a cozinha, ainda resta uma vela Acesa, Bernardo vai em direção a ela para apagar,e uma leve Brisa é mais rápida que ele e bate na vela Apagando-a e Fazendo com que Bernardo se Vire e veja que a “sua Mulher” estava indo em direção ao quarto só de Roupão, Entusiasmado Bernardo a Segue, e Ela Se Deita Na Cama, ao lado de seu lugar ..! No dia Seguinte Bernardo Acorda e vai direto ao Computador Com “memórias Frescas” Relata : “Ao ver Aquela Beldade Desamarrando o roupão, Deixando Ele Escorrer lentamente pelos ombros, segurando-o na cintura e deixando ele cair devagar ...foi uma ótima visão, ela já então nua, soltando os cabelos, arrumando seu lugar ao meu lado na cama e se deitando em meus lençóis à me esperar. Eu então logo fui ao ninho que daquela vez estava Quente, me deitei ao lado dela .e comecei a sentir tua pele macia feito veludo, seu cheiro de Virtude Feminina exalava por aquele quarto, naquele momento as brisas que adentravam pela Janela tinham Sons encantadores, que tornava aquele momento ao lado de minha Dama ainda mais maravilhoso, Não estavamos desejando Sexo, e Sim Companherismo, ficamos deitados Horas abraçados, trocando olhares, e calores, mas não passamos disso”.





Depois de Relatar o que se passou na Sua Noite, Bernardo vai a cozinha e procura arrumar tudo que estava fora do lugar, as 10 da noite de Sábado, ele pensa em ligar pra sua Querida! Mas nem se quer lembra o seu nome , Seu Cheiro já Não Recorda, Seu calor já Passa a Gelar Seu coração, ele resolve então buscar mais uma vez sua imaginação e sair pelas Ruas, sem rumo sem direção, na esperança de encontrá-la na esquina, ou talvez em um posto, ou ate mesmo caminhando na rua, Liga Seu carro Sai de Casa Com o Vidro aberto, uma de suas mãos para fora, Estendida pra cima .. Sentindo o vento Frio passar entre os dedos, Dá apenas algumas voltas e volta à sua casa,Onde logo se dirige ao computador e lá escreve : “ Era Noite, e Eu saio de Casa, vou em busca de minha Rainha, estava a me esperar em uma Loja de conveniência,ou em qualquer outro lugar, ao chegar, vejo-a com uma calça jeans simples, cabelos amarrados como Rabo de Cavalo, uma blusa simples,Branca, Com uma Linda borboleta estampada nos peito, quando entras em meu carro vejo aquela borboleta Criar Vida, Se Desgrudar,bater asas e sair pela janela, em um vôo mágico se distanciou do seu casulo, o qual Vazio, Continuava Lindo...! fomos em direção a minha casa, chegando desço primeiro abro aporta do carro,e Sigo para a minha porta, e a espero chegar ao meu lado, seguro sua mão e me aproximo lentamente de seu rosto, admiro sua boca e vou então beijá-la, mas Percebo sua resistência, acreditei que não seria a hora do primeiro beijo, entrei, sentamos no sofá de canto da minha sala, onde eu tinha a visão do corredor que dava acesso ao meu quarto, e podia ver também a janela de direção a rua da minha casa. Puxei a mesa de Centro um pouco mais perto de nos, e fui buscar alguns aperitivos, Castanhas, e Um Vinho! Estávamos perto, mas me sentia sozinho, um vento frio bateu pela janela, arrepiando minha pele, apesar do calor que estava Subindo pelo meu pescoço me contentei com um leve sorriso, ela se levantou e veio em minha direção, fazendo charme e jogando o Cabelo Pelos Ombros, e quando estava Próxima a mim, Passou os dedos pelos meus olhos os fechando, segurou minhas mãos e junto com as Dela, passou a viajar pelo seu corpo, sabia que aquelas curvas eram perigosas, mas era alucinante sentir minhas mãos subindo e descendo feito como estava em uma estrada sinuosa no entanto perigosa! Ao Abrir Meus olhos, não à vejo em minha frente, e sim já estava na porta de meu quarto me fazendo sinal com o dedo .. “Venha”, meio confuso e entusiasmado, confesso ate excitado, atendi o seu chamado e fui feito um Leão Selvagem, em busca de comida, desejo, aventura, após entrar no quarto, estava ela nua, sentada na janela, com uma das pernas para fora, e outra pra dentro, suas mãos estavam segurando o Batente da Janela Fazendo Seus seios olharem para lua, e suas curvas ficarem ainda mais reluzentes Com a Luz da Lua ..Sua Língua Passou entres seus lábios, e ela vorazmente se pois em pé e se deitou na cama à me esperar,e La fui eu mergulhar naquela fonte de prazer, e desfrutar das malicias de um casal apaixonado ! “


Após escrever por um tempo o Sono Ganha do Grande imaginário e ele Cai no sono, 9 horas da manha escuta um barulho de Janela se Abrindo, e de Fato sua janela estava aberta, os Raios de Sol Batiam no chão, e da Poeira do carpete que ficava flutuando, visível; ele viu se formar Mariposas Apaixonadas, que circulavam de um lado para o outro, Sinalizando Alegria, mas foi uma rápida passada de mão nos olhos, e tudo volta ao normal, a Não ser um leve arranhão que ao colocar a Camisa Bernardo sentiu e foi se Olhar no espelho, Virou-se de costas e em Suas Costas , Saindo do meio das Costas e indo em Direção ao ombro tinha 4 arranhões de cada Lado, Feitos por unhas Femininas de Fato.! Era o que ele Deduziu Ao sentir o Cheiro que estava em seu quarto onde antes apenas havia cheiro masculino, ele sentiu cheiro doce, sensual, e viu que em sua Cama, ao lado de seu travesseiro na fronha havia um beijo de batom de uma boca carnuda e Sedutora. Bernardo sai do Quarto atrás de Algo pra comer, Prepara um rápido café da manha e vai ao seu trabalho, onde lá comenta com um de seu amigos, que conheceu uma linda garota, e que ela parecia ser sensual, sedutora, SELVAGEM e disse que tinha as unhas dela cravadas em suas costas, o Amigo de Bernardo Bota Fé em suas palavras, pois Bernardo tinha uma Ótima fama de conquistador !


Voltando a Sua Casa Bernardo corre ao espelho pra tentar relembrar algo da Noite passada, tentando visualizar novamente suas costas, a Qual no momento não tinha 1 arranhão se quer, ele corre então ao seu travesseiro, e o Beijo havia se transformado em uma Borboleta,que novamente cria assas e Sai a Voar deixando um borrão onde estava o beijo Doce, Bernardo já alucinado sai atrás da Tal borboleta e passa a Segui-la levando-o a algumas ruas atrás de sua casa, onde havia uma velha casa abandonada,  na qual a Pequena Voadora entra ! o Curioso, nada estava a temer tenta abrir a porta mas se encontrava emperrada, forçando-o a entrar pelos fundo,Ao abri a porta ele se depara não só com uma, mais milhares de borboletas, Que vão em sua direção,e o envolvem, empurrando-o para dentro da casa, e a Porta Se Fecha rapidamente. Encantado e também assustado Bernardo corre olhares por tudo ao seu redor, nada havia na casa a não ser uma bela cama no centro do salão, ao chegar ao lado da cama, Bernardo escuta passos,e olha em direção a Escada, onde estava descendo Sua Linda Borboleta, estava semi nua, com um Sapato de Salto Alto, roxo, com listras brancas, uma meia Calça lilás, Luvas no mesmo tom da meia uma Bela Coroa com pedras de Diamante, e Duas pequenas antenas, um Par de Assas Coloridas finalizavam sua caracterização, descia a escada lentamente ,degrau por degrau, aqueles seios pareciam olhar profundamente em meus olhos, e seu olhar penetrante voltava a Tona, Bernardo não controlava mais seus movimentos,e Quando viu ja estava dando inicio á um acasalamento com Sua Linda Mulher, estava sentado sobre a beirada da cama segurando as Coxas dela na sua Cintura, Ao som de Barry White, ele a Vira de costas busca apoio em suas Asas, e com movimentos calmos e calorosos, entra no clima, e se sentem únicos ali, juntos no mesmo ninho, mas como um bom sexo, não se resume só no romantismo, Bernardo então Passa uma de suas Mãos No cabelo de sua parceira, deixando sua mão bem rente ao coro cabeludo, Pra Não passar de prazeroso para doloroso, e com rápidas puxadas de cabelo, complementava o movimento que estavam ali Fazendo ! mas em poucos minutos, Tudo passa a se Desfazer, Se decompor, derreter, desfragmentar, primeiro as borboletas, em seguida as paredes da casa a cama, e por final sua linda borboleta, se desfaz em sua frente, deixando apenas alguns cabelos em suas mãos! Bernardo agora se encontrava em um terreno vazio com Gramas Altas ajoelhado; Logo parou no meio do do terreno se pos em pé e abaixou os braços, derrotado. Voltou a sua Casa Cabisbaixo e foi se Deitar, Talvez um começo de depressão estava por vir, chorava feito criança sem colo, a sensação de vazio era imensa, e aqueles poucos cabelos que em suas mãos estava, Passou um elástico entre eles, e os colocou dentro da ultima gaveta no criado-mudo ao lado de sua cama onde por La Ficou ate o Dia seguinte, Quando acordou e Foi ao computador Escrever o que Lhe vinha a Cabeça : “ Hoje estamos Bem, Somos sexualmente ativos, mas gostaria de relatar essa ultima relação que tivemos, estávamos na Casa Dela, uma casa Feminina Romântica, pequena e compacta, mas não deixei de reparar que era aconchegante e virtuosa. O quarto era pequeno mal cabia a cama de casal, paredes azuis claro, deixavam aquele ambiente harmonizado, Deitados, Passo a beijá-la, percorrendo minhas mãos pelo belo corpo que ali estava entregue a mim, não me lembro de tirarmos a roupa, mas sei que já estávamos nus e entrosados, passei-me por cima dela segurando seus braços contra a cama, e minha boca desci aos seus seios os quais pareciam conversar comigo respondendo minhas caricias, soltei um de seus Braços o qual imediatamente se pos em minha cabeça, Acariciando minha nuca, e meus cabelos, Pouco me empurrava pra baixo, me deixando perto de Suas partes mais desejadas, não tive pressa,pulei por ela,e fui beijar suas coxas, beijos leves na parte interna das coxas a Faziam se contorcer e soltar Leves gemidos, acredito de prazer, Suas pernas Se Cruzaram por cima de mim, me fazendo ficar um pouco imóvel, a única saída seria a Penetração .. e foi o que fiz, estava disposto a ter ela ao meu lado pro resto da vida, e um Fruto no futuro seria legal, eis o motivo o qual não interrompi para nos prevenir... Estávamos trabalhando em conjunto, Feito uma maquina, onde uma peça ajuda a outra, no mesmo momento em que eu Ia, ela vinha de encontro, isso passou a ser mais rápido, Tornando o som do meu quadril batendo com o dela em Perfeita Sintonia, Ela parece Estar adorando, seus gestos eram de prazer, Realização, conquista, me senti naquele momento um Mero caçador de borboletas, e ela Meiga, frágil, feito uma, tinha me conquistado e me Deixado completamente Ligado a ela. Fomos um tanto selvagem no momento em que segurei suas pernas para cima as coloquei em meu ombro, e Não olhei para seu rosto, estava apenas concentrado em atingir o ponto mais fundo de Seu Vulcão, que estava preste a Entrar em ebulição pois eu sentia os tremores, e em mim se Formava Também eu estava preste a me realizar, mas quis levar um pouco mais adiante, e a pedi pra que ficasse por cima de mim, eu deitado, e ela de costas, deitou-se sobre mim, e foi inevitável uma de minhas mãos foi em seus seios..e a outra foi ajudar na penetração que agora estávamos encaixados, e sentia toda a curva e o calor daquele corpo, grudando com o meu se esfregando junto a mim ... em poucos minutos, estávamos os 2 nos satisfazendo, uma sensação geral de euforia, e Orgasmos, Terminado estávamos juntos deitados .. ela Se levanta e começa a arrumar tudo, desesperada, Correndo, Eufórica .. eu então me troco e me arrumo pra partir, Saio da Casa Dela, sem me despedir direito, ando pelas ruas agora Feliz, vejo tudo mais colorido, Alegre, Chego em casa, vou tomar um banho, e reparo que em meu corpo havia marcas daqueles momentos por todo lado, meu peito estava beijado, meus braços tinham marcas de apertões de Mão, meu pescoço algumas manchas, mas Conforme Me lavo, Tudo vai sumindo, Saio do banheiro como se nada tivesse acontecido ou aparecido! Alguns minutos após me trocar .. a companhia toca e eu vou atender, és minha amada, esta com uma roupa preta com finas listras brancas, um tailleur me parecia, estava com uma meia calça preta, um belo sapato, com uma fivela brilhante por cima um tanto avantajada posso destacar, usava um Chapéu, com um véu cobrindo o rosto, e ainda usava um Grande Óculos escuro, um Batom super vermelho e um brinco de borboletas, no seu chapéu tinha um Grande B estilizado, acho ate que bordado, não pude reparar direito, ela Estava Triste, e Foi a única Vez Que escutei sua Voz, me Disse : Não Se preocupe meu Amor, Você estará sempre em mim! Te Amo!

Me deu as costas e Andou rapidamente quando estava a uns 10 metros se virou e me mandou um beijo!”

Bernardo Não Estava já Tão bem da Cabeça, Não conseguia ligar a Realidade, com o surreal.. mas da despedida ele não se esquece ela mandou-lhe um beijo com as mãos e sorriu, mas não foi um sorriso alegre e esperançoso, foi um sorriso triste e conformado, de quem sabia que não veria mais seu amado. Foi quando sua única lagrima rolou. E ela nunca mais apareceu em seus pensamentos, e a única escapatória de Bernardo foi estudar as borboletas pela grande semelhança e aparições das mesmas em seu romance.

A ultima escrita de Bernardo dizia : “Encontrar um parceiro e se reproduzir são geralmente os últimos acontecimentos da vida de uma borboleta. Muitas vivem somente o suficiente para iniciar uma nova geração de borboletas. Outras, apenas para migrar por milhares de quilômetros ou hibernar durante o inverno. Mas no fim da jornada ou no início da primavera, as atividades das borboletas continuam as mesmas. Elas acasalam, as fêmeas botam ovos e os adultos morrem. Dos ovos saem lagartas que se desenvolvem e viram as mesmas borboletas de vida curta.”


A Única Lembrança de Bernardo hoje, São os Cabelos que tem Guardado em seu criado mudo!